Artigos e notícias

NEWS

Clínica do Amanhã 2017: A telemedicina rompendo fronteiras na saúde!

12 de junho de 2017
dr-carlos_12_06_17.png
Em um país continental como o Brasil, a falta de planejamento em diversas áreas promove oportunidades para empreendedores que compreendem as demandas da população.
Foi assim que Dr. Carlos Camargo iniciou sua startup, a Telemedicina Brasil. Trabalhando por anos na área da saúde em diversas localidades, visualizou um problema e planejou a solução do mesmo.
Com diagnósticos à distância, a Brasil Telemedicina é pioneira no ramo da medicina remota, e promete continuar sua evolução.
Dr. Carlos estará conosco no painel de Saúde Conectada no evento Clínica do Amanhã 2017, dia 23/06, no Cubo. (VAGAS LIMITADAS)
1- Qual a sua trajetória até a Brasil Telemedicina?

Formei em Medicina em 1981 na Faculdade de Medicina de Catanduva, Residência médica em cardiologia no IMC – Instituto de Moléstias Cardiovasculares – São José do Rio Preto, Sócio efetivo da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Sociedade Paulista de Cardiologia. Iniciei minha carreira médica no interior de Minas Gerais (Frutal) no Triângulo mineiro onde permaneci por 20 anos onde construí um hospital (Hospital Regional) sendo diretor técnico do mesmo por 15 anos, fundador do plano de saúde no mesmo hospital, também fui mantenedor do Lar de idosos Maria do Carmo Rio Vez por 20 anos, fundador do Ambulatório médico Durvalina Mattos Cassiani onde prestei atendimento médico gratuito por 15 anos, além de ter sido vereador por um mandato na mesma cidade.

Retornei a minha cidade natal Campinas no final de 2002 onde após trabalhar em várias clinicas e hospitais fundei em 2005 a empresa Diagnósticos Campinas, clinica de consultas e exames diagnósticos na área de cardiologia. Em 2010 fundei a Brasil Telemedicina serviços diagnósticos.

2- Como você entrou nesse mercado de telemedicina?

Em 2010 observei a possibilidade de realizar laudos de exames a distância para locais onde não existiam especialistas e iniciei as atividades da Brasil Telemedicina em cidades da região metropolitana de Campinas.

Entre 2011 e 2012 ocorreu um grande crescimento na procura pelo serviço de laudo de exames a distância o que nos levou a criar o primeiro sistema web de recebimento e envio de exames via internet. No final de 2012 atingimos 500.000 laudos realizados e em março de 2017 atingimos a marca de 4 milhões de exames laudados, atendendo clientes, clinicas e hospitais em mais de 500 cidades.
 
3- Quais as dificuldades em implementar novas soluções no mercado atual?
O mercado brasileiro para investimento em atendimento através de telemedicina é fantástico por suas dimensões (+ de 200 milhões de habitantes), pela carência de médicos, de hospitais, de equipamentos e ausência de política de saúde séria e de caráter efetivo. As dificuldades atuais estão ligadas a legislação desatualizada do CFM em relação ao que está ocorrendo nos países desenvolvidos, a dificuldade em conseguir um certificado Anvisa para novas tecnologias oriundas de outros países ou mesmo as que aqui são desenvolvidas e a falta de investimento e políticas públicas ou de incentivo a iniciativa privada na busca de soluções para a área da saúde.
 
4- Como essa tecnologia auxilia o médico e o paciente?
A tecnologia usada na tele-consulta, da monitorização dos sinais vitais, na prevenção primária,  na simples orientação médica e na sinalização de emergências e urgências mostra hoje grandes benefícios a médicos e pacientes tais como redução de internações e reinternações, redução na ida ao pronto socorro, e redução de simples consultas eletivas baseadas apenas na busca de orientação médica e não prescrição de medicamentos.
O médico passa a ter mais dados de seus pacientes o que pode facilitar a gestão de medicamentos e muitas vezes antecipar-se as urgências antes que ocorram e levem à internações que poderiam ser evitadas.

5- Quais novidades veremos nos próximos anos?

 As novidades serão inúmeras, desde simples equipamentos de medição de sinais vitais, controle de taxas de glicemia, oximetria, traçado em tempo real de eletrocardiograma como também a presença de sensores que farão a monitorização de todos os parâmetros importantes para a manutenção da vida e, melhor ainda, totalmente integrados a celulares, relógios e implantáveis de múltipla função no controle do equilíbrio das reações do corpo humano.
E por último, estamos trabalhando em um novo projeto direcionado as empresas no sentido a monitorar, educar e criar planos de ação para seus funcionários na tentativa de diminuir o número de consultas médicas através da monitorização e orientação sistemática da saúde do trabalhador e com isso diminuir doenças, e outros fatores que levam a processos trabalhistas. Vamos monitorar o trabalhador em todas as atividades dentro e fora das empresas demonstrando a eles a importância desta integração e busca de qualidade de vida.

Atenciosamente,

Felipe Ricci

HIHub Leader Development Program

felipe.ricci@hihub.co

 

Acompanhe as novidades no Facebook

Twitter

@@br_telemedicina - 1 semana

Dia 25/06 no Galleria Shopping em Campinas a Brasil Telemedicina lançará plataforma web e app para consultas e laud…

@@br_telemedicina - 2 semanas

© Brasil Telemedicina Serviços Diagnósticos Ltda - CREMESP 955684