Artigos e notícias

NEWS

Saúde virtual poderia poupar bilhões de dólares dos EUA por ano

17 de maio de 2018
shutterstock_555104422-1200x801.jpg

De acordo com artigo publicado pela Harvard Business Review (confira aqui!), o  aumento dos custos com saúde, escassez de médicos e o envelhecimento da população está tornando o modelo tradicional de atendimento médico cada vez mais insustentável nos Estados Unidos. Entretanto, novos usos da saúde virtual e tecnologias digitais podem ajudar a indústria a gerenciar este cenário.

A saúde virtual refere-se ao uso de tecnologias de ativação – como vídeo, aplicativos móveis, mensagens de texto, sensores e plataformas sociais – para fornecer serviços de saúde à distância. De acordo com o texto, acredita-se que os usos da saúde virtual têm potencial para aumentar a capacidade médica de cuidados primários – sem adicionar ou treinar mais profissionais – no momento em que a American Association of Medical Colleges projeta escassez do alarmante número de 40.000 médicos de cuidados primários na próxima década.

De acordo com a Accenture, o uso da saúde virtual para atenção primária poderia gerar um valor econômico de aproximadamente US$ 10 bilhões anuais em todo o sistema de saúde dos EUA nos próximos anos. Sem expandir a força de trabalho de atenção primária, as tecnologias de saúde virtual aumentariam a atividade humana, expandiriam a capacidade clínica e melhorariam a eficiência, introduzindo um novo modelo de assistência médica, no qual máquinas e pacientes se juntam aos médicos na prestação de cuidados em equipe. No processo, os pacientes podem se tornar mais engajados em seus próprios cuidados e em um único benefício serviços de cuidados serão lentamente suplantados por opções cada vez mais personalizadas, permitindo que as pessoas escolham o cuidado em seus próprios termos.

Conforme citado no artigo, a população quer essas mudanças! As pessoas esperam, cada vez mais, usar tecnologias digitais para controlar quando, onde e como recebem serviços de assistência. E com isso, elas estão mais abertas a usar tecnologias inteligentes, compartilhar dados e permitir combinação de humano e máquina para alimentar um novo modelo de cuidados de saúde.

E é também essa a razão de ser da Brasil Telemedicina! Não há como negar: o avanço da telemedicina, em todo o globo, veio para ficar e para garantir melhoria da assistência médica, proporcionando, com base na conectividade e na tecnologia, a oportunidade de que as pessoas sejam acolhidas quando necessitarem, seja onde estiverem. Veja mais sobre o nosso trabalho e faça, você também, uso deste novo método de orientação da sua saúde!

 

Acompanhe as novidades no Facebook

© Brasil Telemedicina Serviços Diagnósticos Ltda - CREMESP 955684