Artigos e notícias

NEWS

Brasil Telemedicina é citada em mídia internacional

7 de novembro de 2018
shutterstock_715044364-1200x800.jpg

A matéria trata da ascensão do mercado de tecnologia da saúde no Brasil

O portal Techcrunch traz, em artigo publicado em outubro, uma análise referente ao alto crescimento do mercado de tecnologia da saúde no Brasil, que começa a se expandir, inclusive, globalmente.

De acordo com eles, resolver grandes problemas para muitas pessoas é o tipo de oportunidade que tanto os empresários como os investidores adoram. Com os recentes booms de investimentos brasileiros focados em inovação de tecnologia financeira e novos modelos de negócios sob demanda, houve uma recente explosão nas startups de saúde no Brasil.

Conforme citado no texto, em estudo recente da Liga Ventures, existem atualmente mais de 250 startups voltadas à saúde no Brasil, o sétimo maior mercado de saúde do mundo, com mais de US$ 42 bilhões gastos anualmente em serviços de saúde privados.

No ano passado, o healthtech foi o segundo setor de tecnologia que mais cresceu na América Latina, de acordo com o Breakout Year in Tech da Inside Latin America, publicado pela LAVCA. Houve um aumento de 250% no número de negócios de tecnologia da saúde em comparação com 2016.

 

A telessaúde e aplicativos de saúde móvel: o case da Brasil Telemedicina

O setor de saúde é um mercado complexo que conecta pessoas, processos e produtos entre pacientes, intermediários, prestadores de cuidados, distribuidores e fornecedores. Com base na inovação tecnológica no país, com o princípio de ajudar a tornar o aconselhamento médico, o diagnóstico e o monitoramento mais acessíveis, os serviços de telessaúde estão se expandindo.

É aqui que entra o exemplo da Brasil Telemedicina no artigo, que menciona que a empresa oferece uma variedade de serviços digitais ininterruptos, que incluem exames médicos, orientação médica, um sistema de monitoramento remoto e aconselhamento psicológico.

Há 8 anos, tivemos visão neste sentido: já que muitas das atividades diárias já são realizadas pelas pessoas diretamente no celular, porque não investir em um serviço médico online de qualidade, por meio da telemedicina? Começamos com o telelaudos e, a partir do momento que nos posicionamos como um importante player de saúde à distância, investimos em novos produtos, como a teleassistência, o monitoramento de saúde online e as consultas psicológicas virtuais”, relata Dr. Carlos Camargo, cardiologista e CEO da Brasil Telemedicina.

Ainda conforme citado no artigo, cerca de 75% da população brasileira (aproximadamente 150 milhões de pessoas) só tem acesso ao sistema público de saúde, que é mal administrado e ineficiente. Muitas vezes, para agendar uma única consulta ou exame, o paciente precisa esperar semanas ou até meses para procurar um profissional de saúde. Iniciativas impulsionadas pela tecnologia estão surgindo para abordar um acesso melhor e mais eficiente aos cuidados de saúde para uma população grande e envelhecida.

“E, neste mesmo sentido, o nosso objetivo principal sempre foi o de avançar junto com a tecnologia e tornar possível um atendimento disponível para todos, seja onde o paciente estiver. Basta ter um bom sinal de internet para se conectar com os nossos profissionais, tanto pelo sistema Web quanto pelos Apps. Ambos funcionam em nuvem e formam um prontuário digital com o histórico de saúde do paciente, que ele e seus médicos, conforme sua liberação, podem consultar  a qualquer momento”, conclui Dr Carlos Camargo.

Conheça mais sobre a Brasil Telemedicina e os produtos disponibilizados pela empresa e entenda porque a conectividade veio para ser um importante suporte da saúde! Acesse https://brasiltelemedicina.com.br e faça parte dessa evolução!

Acompanhe as novidades no Facebook

© Brasil Telemedicina Serviços Diagnósticos Ltda - CREMESP 955684